Tem insônia? Maracujá é a solução!

Share

Fruta da estação, tipicamente brasileira, o maracujá é colhido entre os meses de março e junho, e é uma fruta deliciosa para fazer sucos, ou então, comer puro mesmo, desde que seja o doce, embora tenha pessoas que gostam do azedo assim mesmo. É uma fruta principalmente conhecida por suas propriedades sedativas, quem nunca ouviu falar em maracujina? Mas ele também é rico em várias vitaminas e nutrientes, e não é só a sua polpa que pode ser utilizada!

As propriedades nutritivas do maracujá

Além das fibras, o maracujá contém taninos, que são inibidores enzimáticos de alguns alcalóides, agindo verdadeiramente como antiveneno. Também possui boas quantidades das vitaminas C, B1, B2 e B3. Os minerais encontrados nele são principalmente o ferro, o potássio e o cálcio.

As indicações terapêuticas

Por possuir alcalóides e flavonóides (maracujina e passiflorina), ele é um excelente sedativo, ajudando não só em casos de insônia, mas também em casos de esquizonfrenia, doenças mentais graves e pessoas viciadas em drogas e cigarros, fazendo com que diminua a vontade de utilizá-los.  Ele induz ao sono, mas não causa dependência, e o que é ótimo é que ao despertar a pessoa sente-se alerta e disposta como se tivesse tido uma noite de sono perfeita.

Ele é indicado também em casos de tensão nervosa, palpitação, espasmos gástricos e doenças nervosas ligadas a menstruação e menopausa.

As partes utilizadas

A polpa do maracujá é principalmente  utilizada para fazer sucos, doces, geléias e pudins. Quem não gosta do suco de maracujá puro pode fazê-lo misturado com suco de manga, fica uma delícia. Suas folhas e flores  são ótimas para fazer chás, que além de ser calmante também atua contra úlcera e gastrite.

Já a com a casca é feita a farinha de casca de maracujá, que age como um bloqueador natural de gorduras, sendo excelente como emagrecedora, mas não é só isso, ela também é excelente para baixar os níveis de açúcar no sangue, ajudando aqueles que tem diabetes. Também auxilia a baixar os níveis de colesterol ruim do corpo. A quantidade de pectina presente na casca do maracujá faz com que a farinha seja um desintoxicante natural eliminando toxinas do organismo. Não é a toa que ela faz parte da ração humana, tão famosa por emagrecer.

Um abraço e até a próxima!

(Visited 1.517 times, 1 visits today)
Share

1 Comment

  1. Esqueceu de citar que na fruta não há nenhuma propriedade calmante… a passiflorina (substância calmante do maracujá, cujo gênero é Passiflora) está presente apenas nas folhas e flores, sendo que nas flores está presente em menor quantidade.

    Muito boa a matéria. \o

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>