As ervas medicinais e os fitoterápicos

Share

Agora que já tratamos sobre a quitosana – um produto nutracêutico amplamente utilizado em regimes de emagrecimento – vamos tratar neste artigo sobre as ervas medicinais e os fitoterápicos encapsulados.

São tantas as plantas existentes em todo o mundo, de tantas cores, tamanhos, formatos e aromas. Você sabia que essas plantas desempenham um papel fundamental para o planeta? Pois é! A partir da fotossíntese as plantas liberam oxigênio e absorvem o gás carbônico do ar, ajudando a diminuir os níveis de poluição. Por isso milhares de pesquisadores prezam pela saúde das florestas do mundo.

O interessante também, é que além das plantas por si só já serem úteis a nossa existência, elas tem em suas folhas, caules, raízes, lenhos, frutos ou flores, substâncias úteis para o tratamento de diversas enfermidades que atingem nosso organismo. Desde que se saiba qual parte utilizar e como utilizar, os benefícios podem ser grandes para a saúde.

Um exemplo da utilização da fitoterapia: O romã

Descobriu-se que quando utilizada em um chá, a casca da fruta do romã é um poderoso antiinflamatório, principalmente em inflamações de garganta e amígdalas; é adstringente, amenizando diarréias e cólicas; além disso, auxilia na eliminação de vermes e lombrigas. Enquanto a casca do romã possui essas aplicações terapêuticas, o fruto em si, é um poderoso antioxidante, pois é rico em diversos tipos de vitaminas como  a A, E e C, e desta forma, aliado a bons hábitos de vida e se consumido diariamente, previne o aparecimento de cânceres. O consumo diário do romã está também associado a redução do risco de desenvolvimento de doenças coronarianas.

A seguir expresso abertamente minha opinião sobre a medicina natural. Fique a vontade o leitor que tiver interesse em ler.

Minha opinião sobre a fitoterapia e a medicina natural

A fitoterapia é o tipo de medicina mais antiga que se conhece. Há mais de 6000 anos o homem vem tratando de suas doenças a partir das plantas. Não deve ser à toa que a natureza possua tanta variedade, sejam de animais, plantas, frutos, metais, etc. Creio que tudo o que há na Terra exista para um propósito e acredito também que muitas das coisas que existem neste mundo servem, não só para deixar o mundo mais bonito e colorido, mas também para que as pessoas encontrem a cura para seus corpos de maneira natural, sem a necessidade do uso de medicamentos.

Se pensarmos por este lado, estaremos valorizando tudo o que há na Terra e dando um verdadeiro sentido do porque isso tudo existe. A dádiva do homem não está em sua força física, mas sim em seu intelecto. Os animais caçam com suas garras e seus venenos, ou então se defendem com sua carapaça ou com seus espinhos, entretanto nós…. bem! Nós somos frágeis fisicamente, porém o que não temos em força temos em inteligência: somos astutos. A arma do homem é a ciência e sua capacidade de encontrar uma solução para os problemas e dificuldades. Desde a arquitetura que teve origem da necessidade de se proteger contra as condições climáticas, até as armas de fogo utilizadas para matar-nos uns aos outros e todo o aparato tecnológico que nos trouxe onde estamos hoje. As plantas existem, e os homens com sua esperteza as estudam e utilizam, dando um propósito à existência desses seres.

Assim também é com a medicina. Fruto de pura pesquisa, aplicação de teorias e muita ciência. A medicina natural se desenvolveu muito desde os primórdios da humanidade e hoje são milhares as plantas conhecidas e catalogadas, mas certamente há milhares para serem descobertas.

O que ocorre hoje é que temos a indústria farmacêutica que desenvolve medicamentos químicos que se dizem muito mais eficazes do que as plantas, ou então no mínimo mais específicos e até mesmo mais seguros. Porém, eu penso que a medicina natural por ser barata e abundante na natureza gera certo inconveniente econômico para as indústrias farmacêuticas, pois o mercado de medicamento gera sem dúvida bilhões em todo o mundo ou mesmo trilhões de dólares por ano. Não desmerecendo os medicamentos, mas eu creio que atualmente exista certa briga, ou em outros termos, discordância entre a medicina natural e a farmacêutica, porque neste mundo capitalista em que vivemos, o dinheiro vem muito antes da saúde das pessoas.

No entanto, o que penso verdadeiramente é que devemos confiar um pouco mais no que o próprio Deus criou (se você acredita nisso) e não tanto no que o homem cria. Penso que a cura está a nossa volta, na natureza, e não necessariamente em um laboratório.

No próximo artigo continuamos a tratar sobre plantas e a fitoterapia.

Um abraço.

 

(Visited 203 times, 1 visits today)
Share

1 Comment

  1. Concordo com você na sua opinião sobre a fitoterapia e a medicina natural.
    A natureza é sábia!

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>