Ansiedade: uma das causas da obesidade (Parte 2)

Share

Na semana passada falamos sobre como a ansiedade pode causar a obesidade e sobre o que é o transtorno alimentar periódico, que é quando a pessoa acaba extravasando toda a tensão, frustração, raiva e tristeza que carrega na comida, pois, a comida lhe ajuda a sentir prazer, o que traz alívio. Porém vimos que justamente essa atitude pode ser uma das causas da obesidade, que como conseqüência, desencadeia outros males . Hoje vamos falar o que fazer para sair desse ciclo vicioso e, a partir daí, partir para o emagrecimento e uma vida mais saudável.

Transtorno alimentar periódico: como sair dessa

O artigo anterior pode ter parecendo um pouco trágico e até mesmo exagerado. Mas escrevo isso, porque vejo esses casos com meus próprios olhos, quando atendo clientes em nossa loja. As pessoas vêm até nós com baixa auto-estima, em depressão, com problemas sérios de saúde causados pela obesidade. E, observando o caso a fundo, você percebe que a vida da pessoa está infeliz, não é completa, e por isso, a ansiedade se apodera e a corrói aos poucos.

Para sair dessa vida, o ideal é não se isolar e nem mesmo desistir. Encare a ansiedade como um obstáculo a ser vencido. Procure alegrar sua vida. Encontre seus amigos, seus familiares, converse com as pessoas que você gosta e procure se entender com as que você não gosta muito. É difícil, mas se o problema é uma pessoa, é esse problema que deve ser combatido.

Pare e pense. O que está me irritando? Ou então: O que está me entristecendo? Qual o maior problema que estou enfrentando em minha vida? Por que estou comendo tanto? Por que não procuro uma solução ao invés de fugir dos problemas? Procure aumentar o seu relacionamento consigo mesmo (relacionamento intrapessoal).

Lembre-se que os problemas serão tão grandes quanto você quiser que estes sejam. Só serão grandes se você os enxergar grandes.

Nos casos de ansiedade e depressão o que deve ocorrer é uma mudança interna em primeiro lugar. Confiar mais em si mesmo, partir para a batalha contra o seu eu é essencial para alcançar a vitória. E veja que a depressão não é uma doença física, é somente um estado de espírito. Um desânimo muito profundo, mas que pode ser contornado.

E se eu sou ansioso?

Se você se identificou com alguns trechos deste artigo, ou acredita que o seu problema possa ser ansiedade, eu recomendo que você procure auxílio médico. É possível que você seja encaminhado para um psicólogo ou um psiquiatra. Mas há terapias naturais e alternativas também, como o tratamento com os florais que devem, preferencialmente, ser prescritos por especialistas da área.

E procure não se preocupar tanto. Você não está necessariamente doente, só um pouco cansado e estressado demais. A vida humana nos impõe isso. São tantas coisas a fazer que nosso coração, mente e corpo, entram em colapso. Acredito que praticamente todas as pessoas estejam vivendo, já viveram, ou viverão isso um dia.

Estamos em uma caminhada rumo ao emagrecimento e a cura do corpo. Por isso, tratar ansiedade pode ser um dos passos mais fundamentais e importantes de sua vida.

Um abraço e até o próximo artigo.

Veja os outros artigos dessa série:

 

(Visited 255 times, 1 visits today)
Share

1 Comment

  1. If your mdisance is fake, Romney can easily confirm it fake. Just about all he has to do is launch his / her fees. Either Romney is covering up anything, or perhaps this individual believes obstinacy is a considerably more presidential feature compared to openness in addition to honesty. In any case, he has incorrect.

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>