A importância das proteínas do Leite (Whey Protein)

Share

Talvez você já tenha ouvido falar ou conhece alguém que consome um produto chamado Whey Protein. Pois se já ouviu, ou nunca ouviu, saiba agora o que é e qual a finalidade deste famoso produto no mundo das academias.

O que é a Whey Protein?

No leite, 80% das proteínas correspondem à caseína e 20% ao soro do leite (wheyProtein). No princípio, o soro do leite não tinha valor comercial, era apenas um sub-produto da produção do queijo. Entretanto, após cientistas pesquisarem esse soro mais detalhadamente, perceberam que se tratava de uma excelente fonte de proteínas de alto valor biológico, pois possuía aminoácidos essenciais (aqueles que o corpo não produz) de maneira abundante. Observaram ainda que essa proteína era facilmente digerida, muito bem absorvida e utilizada no organismo humano. Por isso o whey protein ganhou muita força no mercado internacional e logo substituiu a proteína da clara do ovo, ou albumina,que era muito utilizada. Por essas características, o whey protein se tornou, sem dúvida, o produto mais popular no mundo dos suplementos alimentares.

Para que serve?

As proteínas de modo geral possuem funções importantes no sistema imunológico,pois são ricas em aminoácidos que elevam a concentração de antioxidantes, favorecendo o combate a infecções e doenças. Além disso, proteínas são a principal matéria-prima para a construção muscular. Toda vez que você submete o seu corpo a prática de exercícios, seus músculos são fadigados. Após o término da atividade, o corpo entra em um estado de recuperação, tentando reparar os danos causados. Quando a taxa de recuperação muscular é maior do que a de degradação, ocorre um aumento da musculatura. Daí a importância de comer alimentos ricos em proteínas após a prática de atividades físicas, especialmente as relacionadas com musculação. A proteína do soro do leite, ou whey protein, é excelente para esses casos, pois fornece todos os aminoácidos necessários para reparar e promover o crescimento muscular.

Conheça os principais tipos de Whey Protein

  • Concentrado ou Whey Protein Concentrate: É obtido a partir de uma filtragem permeável, cuja qual, permite a passagem de moléculas como as proteínas, carboidratos e gorduras. Este processo fornece de 29 a 89% de proteína pura. Esta é a forma mais consumida, devido ao seu custo ser menor. Entretanto, é a forma que apresenta maior índice de carboidratos e gorduras.
  • Isolado ou Whey Protein Isolate: Possuem mais de 90% de proteína pura, obtido por dois processos: A microfiltração, onde são utilizados filtros microscópicos para separar as proteínas dos carboidratos e gorduras. A troca iônica, que é um processo químico em que ocorre a separação das proteínas dos demais elementos. Esses processos tornam a proteína mais pura, pois ficam livres de outras substâncias indesejáveis. Além disso, o whey isolate apresenta uma grande velocidade de absorção. A maioria das proteínas isoladas do soro do leite são isentos de lactose, portanto podem ser consumidos por pessoas que são intolerantes a essa substância.
  • Hidrolisado ou Whey Protein Hidrolyzed: A característica dessa proteína é que sua velocidade de absorção pelo organismo é maior. Isso ocorre graças ao processo de hidrólise que consiste em quebrar as partículas grandes (proteínas) em menores(aminoácidos). Existem dois tipos de Whey hidrolisado. O primeiro é obtido da whey protein concentrate e o segundo é o obtido da whey protein isolate. Como explicado, a proteína concentrada do soro do leite possui mais gorduras e carboidratos, enquanto a proteína isolada apresenta valores muito pequenos, ou insignificantes de carboidratos e gorduras. Além disso, a proteína isolada e hidrolisada é a que possui absorção mais rápida entre todas.

Whey Protein X Doenças

A suplementação com whey protein não se restringe somente a atletas e praticantes de atividade física. Esse produto pode ser usado em casos como:

  • Cirurgia bariátrica: Indivíduos submetidos à cirurgia de redução do estômago sofrem no pós-operatório com a restrição alimentar e a dificuldade da absorção de nutrientes. O whey protein, especialmente o isolado, é uma boa opção para esses pacientes devido a sua facilidade de absorção e digestão.•
  • Câncer: Pacientes realizando tratamentos de radio e quimioterapia costumam apresentar dificuldades para se alimentar. Isto pode ocasionar desnutrição e perda de massa muscular. Estudos demonstram que o whey protein favorece o sistema imune,e também auxilia na manutenção da massa corporal.•
  • Saúde cardiovascular: A hipertensão constitui uma das principais causas de doenças cardíacas. Por conter arginina, um aminoácido que promove a dilatação dos vasos sanguíneos, o whey pode contribuir para a redução da pressão arterial.
  • Emagrecimento: Se aliado a uma alimentação balanceada e atividades físicas regulares, whey protein pode ser um auxiliar na redução de peso.

Qual o custo?

Tudo depende da origem da matéria-prima e por quais processos este passou.Por exemplo, as proteínas isoladas ou isoladas hidrolisadas estão entre as mais caras disponíveis, pois são as de maior pureza. Outro fator que aumenta muito o custo do produto é que mesmo comprando um produto de marca nacional, a matéria-prima, ou seja, o whey protein, será importado, possivelmente,dos Estados Unidos ou da Nova Zelândia, pois o Brasil não produz tal produto.

(Visited 368 times, 1 visits today)
Share

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>